Carregando...
PUBLICIDADE

TESTEMUNHAS DE JEOVÁ!

"Espera-se que o Senhor tenha uma maneira de se comunicar com

o seu povo na terra, e ele tem claramente mostrado que a revista chamada Sentinela é usada para este propósito," (1939 Yearbook of Jehovah's Witnesses, p. 85.).

Eles vêm à nossa porta. Eles oferecem as revistas Despertai! e Sentinela em troca de "donativos." Eles falam a você sobre as Testemunhas de Jeová e sobre o paraíso na terra. Eles querem que você se junte a eles. Eles são cristãos? Não. Veja aqui no que eles crêem, porque eles não são cristãos, e como você pode responder-lhes.

A História das Testemunhas de Jeová

A seita das Testemunhas de Jeová foi fundada por Charles Taze Russell, em 1872. Ele nasceu em 15 de Fevereiro de 1852, e era filho de Joseph L. e Anna Eliza Russell. Ele tinha grande dificuldade de aceitar a doutrina da condenação eterna ao inferno e, em seus estudos, veio a anular não apenas a punição eterna, mas também a Trindade, a deidade de Cristo e o Espírito Santo. Em 1870, com a idade de 18 anos, Russell organizou uma classe bíblica em Pittsburgh. Em 1879, ele procurou popularizar as suas idéias e doutrinas aberrantes. Ele co-publicou a revista "The Herald of the Morning" com seu fundador, N. H. Barbour e, em 1884, Russell tomou o controle da publicação dando-lhe o novo nome de "The Watchtower Announcing Jehovah's Kingdom" (A Sentinela Anuncia o Reino de Jeová), e fundou a "Zion's Watch Tower Tract Society", agora conhecida como "Watch Tower Bible and Tract Society", Sociedade Bíblica Torre de Vigia. A primeira edição da revista Sentinela tinha somente 6.000 cópias por mês. Hoje o complexo publicitário das Testemunhas, no Brooklyn, Nova York, imprime mais 100.000 livros e 800.000 cópias de duas revistas -- diariamente!

Russell alegava que a Bíblia só seria corretamente entendida de acordo com as suas interpretações. Era um perigoso arranjo, já que era ele quem controlava o que era escrito na revista Sentinela.

Depois da morte de Russel, em 31 Outubro de 1916, um advogado do Missouri chamado Joseph Franklin Rutherford recebeu o controle da Sociedade Torre de Vigia que era conhecida, então, como Associação Bíblica Dawn. Em 1931, ele mudou o nome da organização para "As Testemunhas de Jeová."

Depois da morte de Rutherford controlaram a Sociedade Nathan Knorr e Frederick William Franz, como presidentes.

Hoje, a Sociedade é liderada por Mr. Henschel. O grupo tem mais de 4 milhões de membros em todo o mundo. As estatísticas da Sociedade Torres de Vigia indicam que 740 casas são solicitadas para recrutar cada um dos quase 200.000 novos membros que se juntam cada ano.

As TJ´s tem diversos 'livros de estudos' semanais. Os membros não são obrigados a participar, mas existe um nível de expectativa que suavemente leva os convertidos a participarem. É durante estes 'livros de estudos' que a TJ é constantemente exposta aos ensinos anti-cristãos. Uma TJ mediana, com a sua constante doutrinação pela Torre de Vigia, pode, facilmente 'surrar' um cristão mediano quando estes vêm defender suas crenças.

As TJ afirmam veementemente que a doutrina da Trindade é de origem pagã e que a cristandade, com um todo, está envolvida na mentira do diabo. Concomitantemente, com a anulação da Trindade é, da mesma maneira, ferrenhamente combatida a deidade de Cristo, a deidade do Espírito Santo, a realidade do inferno e a punição eterna.

Testemunhas de Jeová é uma Seita Não-Cristã

Como todas as seitas, a organização das TJ distorcem as doutrinas essenciais do Cristianismo. Ela nega a divindade de Cristo, a ressurreição física e a salvação pela graça. Para sustentar as suas doutrinas errôneas, a organização Torre de Vigia (que é a autora e mentora de toda teologia oficial das TJ) vem alterando a Bíblia para fazer com que ela diga o que eles querem.

Tipicamente, os cultos que usam a Bíblia para embasar suas posições caem em alguns erros de interpretação:


  • Tirar os versículos e passagens de seu contexto imediato.

  • Recusar-se a ler as passagens dentro do contexto bíblico completo.

  • Inserir as suas pressuposições teológicas no texto.

  • Alterar o texto bíblico para suprir as suas necessidades.

  • Basear-se em um verso para interpretar um conjunto de outros.

  • Trocar os significados das palavras.

  • Proclamar que algumas passagens têm sentido figurado quando elas contradizem as suas doutrinas.

  • Adicionar coisas à Palavra de Deus.


Adicionalmente, as seitas exigem de seus membros a freqüência regular aos seus "estudos bíblicos" semanais onde são repetidamente doutrinados com ensinos anti-cristãos. Eles fazem isso por meio da leitura das revistas Sentinela e Despertai!, que basicamente, mantém seus pensamentos cativos às doutrinas deles.
Eles ensinam que serão perseguidos quando forem de porta em porta ensinar as suas falsas doutrinas e que, quando alguém os contrariar ou divergir deles, eles serão justificados por serem TJ. Eles dizem que são a única organização verdadeira na terra (assim como todas as seitas afirmam!). Eles são fortemente encorajados a ter apenas amigos e fazer negócios com pessoas dentro da organização, o que mantém as pessoas e idéias longe do exame externo. Eles ensinam a evitar aqueles que deixaram o seu grupo, mantendo assim, o outros afastados para que não questionem o porquê da sua saída. Eles são geralmente paranóicos, como eu pude testemunhar em uma sala de chat (IRC) onde, depois de fazer uma pergunta a respeito de um texto bíblico, fui banido.
Subseqüentemente, meu nome foi passado para todas as outras salas de TJ, de onde eu fui banido da mesma maneira. Aparentemente, o exame das suas doutrinas não é permitido.

Primariamente, a organização das TJ é uma seita porque ela viola as três doutrinas essenciais do Cristianismo. A Bíblia diz que Jesus é Deus em carne, que Jesus ressuscitou da morte no mesmo corpo em que Ele morreu e que a salvação é pela graça mediante a fé. O organização Torre de Vigia contraria todas as três.

A organização Torre de Vigia é uma seita não-cristã que usa o seu povo para proclamar suas falsas doutrinas, vender uma imensidão de literatura, e expandir suas garras nas vidas de seus membros e das suas famílias.

Doutrinas das Testemunhas de Jeová
por Matthew J. Slick, B.A., M. Div.

Sua igreja é auto-proclamada profeta de Deus, The Watchtower, April 1, 1972, p. 197. Eles alegam ser o único caminho para o Deus verdadeiro, The Watchtower, Feb. 15, 1981, p. 19.

Espírito Santo é uma força ativa impessoal de Deus, The Watchtower, June 1, 1952, p. 24. Somente os membros da sua igreja serão salvos, The Watchtower, Feb, 15, 1979, p. 30. Jesus foi um anjo que se tornou um homem, The Watchtower, May 15, 1963, p. 307. Jesus foi o único homem perfeito, mas não Deus em carne, Reasoning from the Scriptures, 1985, pp. 306.

Jesus não voltou da morte em seu corpo físico, Awake! July 22, 1973, p. 4. Jesus foi ressuscitado "não como criatura humana, mas um espírito." Let God be True, p. 276. Jesus não morreu em uma cruz mas em um poste, Reasoning from the Scriptures, 1985, pp. 89-90.

Jesus retornou à terra, invisivelmente, em 1914, The Truth Shall Make You Free, p. 300. A Trindade não existe, Let God be True, p. 101-100.

Espírito Santo é uma força, não viva, Reasoning from the Scriptures, 1985, pp. 406-407. Boas obras são necessárias para a salvação, Studies in the Scriptures, Vol. 1, pp. 150, 152. A alma cessa sua existência na morte, Let God be True, p. 59, 60, 67.

Não existe inferno de fogo onde os condenados serão punidos, Let God be True, p. 79, 80. Somente 144.000 Testemunhas de Jeová irão para o céu, Reasoning from the Scriptures, 1985, pp. 166-167, 361; Let God be True, p. 121.

Transfusão de sangue é pecado, Reasoning from the Scriptures, 1985, pp. 72-73. A cruz é um símbolo pagão e não deve ser usada, Reasoning from the Scriptures, 1985, pp. 90-92.

A salvação é pela fé e pelo que você fizer, Studies in the Scriptures, Vol. 1, p. 150,152. É possível perder a sua salvação, Reasoning from the Scriptures, 1985, pp. 358-359. Eles também rejeitam o voto, saudar a bandeira, cantar os hinos nacionais ou celebrar o Natal e aniversários. Também recusam-se a servir às forças armadas. (The Watchtower - A Sentinela Awake! - Despertai!)

Traduções Errôneas da Bíblia das Testemunhas de Jeová - a Tradução do Novo Mundo

Esta lista é apenas representativa. Ela não esgota este assunto:

  • Colossenses 1:15-17 - A palavra "outro" é inserida 4 vezes. Isto não está no original grego e nem está implícito. Esta é uma seção onde Jesus é descrito como o criador de todas as coisas. Desde que a organização da T.J. acredita que Jesus é um ser criado eles inseriram a palavra "outro" para mostrar que Jesus era antes de tudo "outras" coisas, implicando que Ele também fosse um ser criado.

    Existem duas palavras, no Grego, traduzidas como "outro": heteros e allos. O primeiro significa outro de uma coisa diferente, ou seja, de natureza diferente. O segundo significa outra coisa da mesma natureza ou do mesmo tipo. Nenhum dos dois é usado nesta seção da Escritura. As T.J. mudaram a Bíblia para torná-la adequada à sua teologia aberrante.

  • João 1:1 - Eles traduziram erradamente este versículo como "um deus". Novamente, isto é porque eles negam quem Jesus é e devem mudar a Bíblia para que ela se torne adequada à sua teologia. A versão das T.J. está assim: "No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era um Deus."

  • Hebreus 1:6 - Neste verso eles traduziram a palavra Grega para adoração, proskuneo, como "reverência." Reverência é uma palavra que significa honra, mostra respeito, até curvar-se diante de alguém. Já que, para eles, Jesus é um ser criado, então ele não pode ser adorado. Eles triveram de fazer isto em outros versículos a respeito de Jesus: Mt 2:2,11; 14:33; 28:9.

  • Hebreus 1:8 - Este é um versículo onde Deus Pai, está chamando Jesus de Deus: "Mas do Filho diz: O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos, e cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.'" Já que as T.J. não concordam com isso, de novo, eles alteraram a Bíblia para que ela se adequasse à sua teologia. Eles traduziram o verso como: "...Deus está no seu trono ..." O problema com a tradução das T.J. é que esta passagem é uma citação do Salmo 45:6 que, no Hebraico, só pode ser traduzido como "...O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos ..." Para justificar a tradução do N.T eles atualmente também trocaram a tradução do Antigo Testamento!



A Tradução do Novo Mundo é horrível. Ela mudou o texto para se adequar à sua própria teologia em muitos lugares. Mas antes que você pense que estou apenas mencionando o que outros disseram, eu estudei Grego bíblico por 4 1/2 na Faculdade e no Seminário.

Adicionalmente, eu tive 1 1/2 ano de Hebraico bíblico. Eu sei, por exame, que a Tradução do Novo Mundo é corrompida pela visão não-cristã e não-bíblica da sociedade.

As Falsas Profecias das Testemunhas de Jeová

As Testemunhas fazem muitas afirmações na tentativa de converter você para a fé deles. Eles dizem ser a única igreja cristã verdadeira, ser os únicos representantes de Deus, ter o único ensino bíblico correto e de serem os únicos verdadeiros anunciadores do reino vindouro de Jeová.

Se eles fossem a única igreja verdadeira e a única voz verdadeira da palavra de Deus então o que eles dizem deveria ser comprovadamente verdade, especialmente em se tratando de profecias. Quanto a predizer o futuro, a organização Torre de Vigia falha miseravelmente. A seguir estão algumas das falsas predições feitas através dos anos pela organização Torre de Vigia. Se você apresentar isto a uma T.J., ele provavelmente dirá alguma coisa como: "Aquilo foi tomado fora do contexto", ou "Eles não disseram que eram profetas de Deus", ou ainda, "A está mais brilhante e agora nós compreendemos melhor as profecias bíblicas", etc. Faça uma cópia destas falsas profecias e dê a eles para que verifiquem.

Lembre-se de Deut. 18:22: "Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás." Se alguém faz uma falsa profecia e diz que vem de Deus, então ele é um falso profeta e nós não devemos dar ouvidos a ele.

As Testemunhas de Jeová declararam que são profetas de Deus? Sim. Em 1972, a revista Sentinela afirmou que as Testemunhas de Jeová são profetas de Deus.

IDENTIFICANDO O "PROFETA"

"Jeová tem um profeta para ajudá-los, para adverti-los dos perigos e para declarar as coisas por vir? Estas questões podem ser respondidas afirmativamente. Quem é este profeta? ... Este "profeta" não era um homem, mas era um corpo de homens e mulheres. Era um pequeno grupo de seguidores de Jesus Cristo, conhecidos naquele tempo como International Bible Students. Hoje eles são conhecidos como Testemunhas Cristãs de Jeová ... Certamente, é fácil dizer que este grupo atua como um 'profeta' de Deus." The Watchtower, 4/1/72 (Veja Deut. 18:21)

  • 1899 "...a 'batalha do grande dia do Deus Todo-poderoso' (Ap 16:14), que terminará em 1914 com a completa ruína do atual estado da tera já começou." The Time Is at Hand, page 101 (1908 edition).

  • 1897 "Nosso Senhor, o Rei indicado, está agora presente, desde outubro de 1874," Studies in the Scriptures, Vol. 4, page 621.

  • 1916 "A cronologia bíblica aqui apresentada mostra que seis grandes dias de 1000 anos, começando em Adão, estão terminando e o grande sétimo dia, o reino de 1000 anos de Cristo, começou em 1873." The Time Is at Hand, page ii, (forward).

  • 1918 "Entretanto, nós podemos, confiadamente, esperar que 1925 será marcado pelo retorno de Abraão, Isaque, Jacó e dos profetas, particularmente daqueles nomeados pelo apóstolo em Hebreus 11, para a condição de perfeição humana." Millions Now Living Will Never Die, page 89.

  • 1922 "A data 1925 é mais distintamente indicada nas escrituras que a de 1914." The Watchtower 9/1/22, page 262.

  • 1923 "Nosso pensamento é que 1925 está definidamente indicado pelas escrituras. Assim como Noé, o cristão de hoje tem muito mais em que basear a sua fé do que Noé tinha para basear a sua fé no dilúvio vindouro." The Watchtower, PAGE 106 4/1/23.

  • 1925 "O ano de 1925 chegou. Com grande expectativa cristãos tem esperado por este ano. Muitos estão confiantemente esperando que todos os membros do corpo de Cristo sejam transformados para a glória celestial durante este ano. Isto pode acontecer ou não. No Seu devido tempo Deus irá cumprir seus propósitos concernentes ao Seu povo. Os cristãos não deveriam estar, estão, ansiosos acerca do que pode acontecer este ano." The Watchtower, 1/1/25, page. 3. 1925 "Era esperado que Satanás tentaria injetar nas mentes dos santos, o pensamento que em 1925 deveriam ver o fim da obra." The Watchtower, Sept, 1925 page 262. 1926 "Alguns anteciparam que esta obra terminaria em 1925, mas o Senhor não estabeleceu isto. A dificuldade é o amigos insuflaram suas imaginações além da razão; e que quando as suas imaginações estouraram em pedaços, eles estavam inclinados a aceitar qualquer coisa." The Watchtower, page 232.

  • 1931 "Existe uma medida de desapontamento da parte daqueles que crêem em Jeová a respeito dos anos de 1917, 1918 e 1925 ... e els também aprenderam a parar de fixar datas." Vindication, page 338.

  • 1941 "Recebendo o presente, a crianças marchando unidas umas às outras, não por um brinquedo ou por um tempo de diversão, mas o instrumento levantado por Deus para a obra mais efetiva nos meses que restam antes do Armageddon." The Watchtower, 9/15/41, page 288.

  • 1968 "Verdade, existiu, no passado, quem predissesse o 'fim do mundo', inclusive especificando uma data. Nada ainda aconteceu. O 'fim' ainda não veio. Eles são culpados de falsas profecias. Por quê? O que estava faltando? ... Estava faltando aquele povo a quem Deus dirige e evidencia que os está guiando e usando." Awake, 10/8/68.

  • 1968 "Porque você está olhando para 1975?" The Watchtower, 8/15/68, page 494.


Uma T.J. poderá dizer que a organização ainda está aprendendo. Se é assim, quanto eles podem confiar naquilo que eles estão aprendendo agora da Sociedade? O que eles estão aprendendo agora não irá mudar depois?

Um verdadeiro profeta de Deus não erra uma profecia. Somente um falso profeta erra. A organização das Testemunhas de Jeová, que proclama ser profeta de Deus, é na realidade um falso profeta. Jesus avisou-nos a respeito, dizendo: "porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos." (Mt 24:24).

  Testemunhas de Jeová

Os ensinos dos Testemunhas de Jeová
Saiba quais são os quinze pontos fracos da seita


Os ensinamentos claros e cristalinos da Palavra de Deus não dão lugar a que se abrace as doutrinas dos Testemunhas de Jeová após um estudo bíblico completo. Os ensinamentos básicos dessa seita estão em conflito com as Escrituras. Quinze dos seus erros doutrinários excepcionais foram abaixo relacionados e constituem razões sólidas para que ninguém se filie aos Testemunhas se quiser continuar apegado a verdade divina.

1. Os Testemunhas de Jeová negam a dinvidade absoluta e singular de Jesus Cristo

As Escrituras demonstram que o Senhor Jesus Cristo é Jeová.

Isaías 41:4, 44:6, e 48:12 declaram que o atributo de ser o "primeiro e último" pertence a Jeová somente. Apocalipse 1:7-8,11,17 e 22:13-14 apresentam Jesus Cristo com exatamente esse mesmo atributo, fazendo dEle, portanto, Jesus Cristo, o Jeová dessas passagens, e de todo o Velho Testamento.

Isaías 45:22-25 fala de uma adoração universal, que um dia toda a humanidade prestará a Jeová. Filipenses 2:9-11 aplica esta passagem de Isaías a Jesus Cristo.

Isaías 44:22-23 apresenta Jeová como Redentor. Efésios 1:7 estabelece Jesus Cristo como esse Redentor.

Em Isaías 45:24 e 54:17 Jeová é a nossa justiça. Em 1 Coríntios 1:30 Jesus Cristo é a nossa justiça.

Isaías 43:11 reserva a Jeová somente a obra da salvação do homem: "Fora de mim não há Salvador." Tito 2:13 ensina que Jesus Cristo é o Salvador, estabelecendo-O, portanto, como o Jeová de Isaías, capítulo 43.

O estudante honesto das Escrituras há de ler, estudar e comparar os versículos acima apresentados.

2. Os Testemunhas de Jeová ensinam que Jesus Cristo é um ser criado - simplesmente um outro Deus

Este erro doutrinário foi criado pelos Testemunhas de Jeová através de sua estúria Tradução "Novo Mundo" que apresenta João 1:1 da seguinte maneira: "E o verbo era um deus". Isaías nega este erro enfaticamente em 43:10, 44:6 e 45:5,12, e prova que sua tradução de João 1:1 é ilegítima. Quatro vezes Jeová declara a impossibilidade de haver "um outro deus" ou "um deus" além dEle mesmo. Qualquer estudante honesto das Escrituras deve reconhecer a exclusividade única de Jeová.

3. Os Testemunhas de Jeová negam a personalidade e divindade do Espírito Santo

Das muitas referências bíblicas que demonstram que isto não é verdade, João 16:13-14 é a principal. Oito vezes o Senhor Jesus se refere ao Espírito Santo usando o pronome pessoal masculino "ELE". A palavra grega "ESPÍRITO" é neutra mas o pronome empregado não é neutro mas masculino. Cristo estava teologicamente certo nisto, reconhecendo a personalidade do Espírito. Se o Espírito Santo não fosse uma pessoa, o pronome neutro é que seria usado e a gramática da passagem ficaria intacta. Jesus Cristo, o Filho de Deus, jamais cometeu um erro.

Até a própria tradução "Novo Mundo" dos Testemunhas reconhece a personalidade do Espírito na tradução desses dois versículos. A divindade do Espírito Santo está claramente demonstrada nas referências abaixo que o estudante honesto deve estudar com todo o cuidado: Atos 5:3-4, 1 Coríntios 3:16, 2 Coríntios 13:14. Em 1 Coríntios 12:4-6 o Espírito Santo é chamado de Senhor, v. 5, e Deus, v. 6. Ao colocar Isaías 6:8-10 junto a Atos 28:25-27, toma-se evidente que o Deus de Isaías 6 é o Espírito Santo.

4. Os Testemunhas de Jeová negam a doutrina bíblica da trindade

Embora a verdade da Trindade seja considerada divertida pelos Testemunhas, ela não obstante constitui parte da revelação de Deus. O estudante da Bíblia descobre que há uma Pessoa nas Escrituras, conhecida como Pai, que é Deus, Efésios 1:2. Há uma outra Pessoa nas Escrituras, chamada de Filho, Jesus Cristo, e que é Deus, Tito 2:13. Há ainda uma outra Pessoa chamada de Espírito Santo, que é Deus também, Atos 5:3-4. A palavra grega theos, "Deus". foi usada em relação a todas essas três Pessoas, concedendo assim a mesma divindade a cada uma delas. O estudante cuidadoso também nota o fato da Trindade em Isaías 48:17, 28:19, 2 Coríntios 13:14. A conclusão é simplesmente que há um só Deus manifesto nas três Pessoas conhecidas como Pai, Filho e Espírito Santo e, considerando que cada uma dessas Pessoas é Deus, elas são iguais.

5. Os Testemunhas de Jeová negam a ressureição física e corporal de Jesus Cristo

A sua falsa doutrina declara: "O homem Jesus está morto, só o Seu espírito ressuscitou." O testemunho de Jesus Cristo é completamente diferente, Lucas 24:36-45. Mesmo um exame superficial do v. 39 desfaz qualquer dúvida referente à ressurreição corpórea. Tomé encontrou-se com o Cristo fisicamente ressuscitado, João 20:24-29, como também os outros discípulos que comeram peixe com Ele, João 21:12-14. Paulo testifica a ressurreição física de Jesus Cristo em 1 Coríntios 15:3-19. Os guardas junto à sepultura, os principais dos sacerdotes e o Sinédrio jamais teriam ficado em Mateus 28:11,15, se "apenas o Seu espírito ressuscitasse".

6. Os Testemunhas de Jeová negam a volta física e visível de Jesus Cristo

Eles dizem: "Não devemos esperar que Ele torne a voltar como um ser humano". A volta fica mais adequadamente traduzida por presença e se refere à presença invisível do Senhor. Contrastando com isso, o estudante da Bíblia descobre que a verdade é que JESUS CRISTO VAI VOLTAR novamente, física e literalmente. Em Apocalipse 1:7, "todo o olho o verá". Em 1 Tessalonicenses 4:16-17, "o Senhor mesmo...descerá dos céus" E em Atos 1:10-11, "assim virá do modo como o vistes subir". O testemunho dessas passagens é irrefutável.

7. Os Testemunhas de Jeová negam a presença do crente com Cristo após a morte

De acordo com 2 Coríntios 5:8, Filipenses 1:21-24 e Lucas 16:20-22, o crente, imediatamente após a morte, passa para a presença de Cristo. O corpo fica no solo, João 11:11-14, aguardando a ressurreição, 1 Coríntios 15:20-23, enquanto a alma e o espírito, agora separados do corpo, Tiago 2:16, entram no céu.

8. Os Testemunhas de Jeová reprovam a esperança que o crente tem de ir para o céu

João 14:1-3, Filipenses 3:20-21, 1 Pedro 1:3-5 e Apocalipse 3:12 são apenas algumas das muitas passagens bíblicas que falam da "esperança viva" de estar com Cristo para sempre.

9. Os Testemunhas de Jeová negam a realidade e eternidade do castigo futuro

As Escrituras falam da realidade do inferno. O Senhor Jesus Cristo falou mais do inferno do que do céu e nos informou que o inferno é uma fornalha de fogo, Mateus 13:49-50, um lugar preparado para Satanás e os seus emissários, Mateus 25:41, de fogo que não se extingue, Marcos 9:42-48. Além disso, Ele insistiu no fato do inferno ser eterno. A palavra grega aionios, que traduz "aquilo que não tem fim". e que foi usada para descrever a vida eterna mencionada em João 3:16, e a eternidade de Deus em Romanos 16:26, foi deliberadamente usada por Cristo para descrever a duração do inferno, Mateus 18:8, e por João, em Apocalipse 14:11. Aionios não tem um significado duplo. Se ela quer dizer que Deus é eterno e a vida que o crente recebe é eterna, então deve significar que o inferno também é eterno.

10. Os Testemunhas de Jeová negam a salvação perfeita da cruz de Cristo

Sem qualquer justificativa bíblica, os Testemunhas ensinam que o Milênio, os mil anos do reino de Cristo na terra, proporcionará a toda a humanidade, desde Adão em adiante, que ressuscitará, uma oportunidade, sob condições favoráveis, de receber a salvação eterna. Onde encontrar um único versículo bíblico que apoie tal coisa? O Senhor Jesus Cristo comprou nossa salvação na Cruz, Romanos 3:21-26, e resta ao homem crer e ser salvo, Efésios 2:8-9 e Atos 16:30-31. A salvação é totalmente a parte de qualquer esforço humano, Romanos 3:27-28.

11. Os Testemunhas de Jeová negma o patriotismo e a continência à bandeira

As Escrituras ordenam aos crentes a serem cidadãos leais. O estudante cuidadoso verá isto em Romanos 13:1-7, 1 Pedro 2:13-15 e Mateus 22:21.

12. Os Testemunhas de Jeová estão confusos quanto aso 144.000

Através de boas obras e esforço sincero um Testemunha de Jeová tem esperança de se tornar um membro do grupo dos 144.000. Nos dois capítulos em que foram mencionados os 144.000, Apocalipse 7 e 14, o estudante das Escrituras nota que os 144.000 são, realmente; Judeus das tribos, sem gentios entre eles, 7:4-8, são todos homens, 14:4, servirão durante a Grande Tribulação, 14:6-13, e não receberão a sua posição mediante obras mas serão designados por Deus, 7:3. Por mais que se force a imaginação. nenhuma interpretação bíblica aceitável pode garantir a essa seita gentia posição entre os 144.000.

13. Os Testemunhs de Jeová usam tradução deturpada da Bíblia

A Tradução "Novo Mundo" das Escrituras Gregas Cristãs é uma tradução desajeitada do Novo Testamento, que não tem nenhuma reputação entre os mestres do grego. A tradução foi alterada para se encaixar na heresia. Por exemplo, a palavra allos, "outro", não aparece no texto grego de Colossenses 1:16-17, mas foi inserida quatro vezes em sua tradução para que Cristo apareça ser parte da criação e, desse modo, se encaixe em sua doutrina que afirma ser Ele um filho criado, um outro deus, "porque por meio dEle todas as coisas foram criadas". Esta e dezenas de outras passagens tornam a tradução "Novo Mundo" em uma caricatura da Palavra de Deus.

14. Os Testemunhas de Jeová tem um sistema doutrinário que se baseia nas interpretações de Charles Taze Russel

Em 1874, um camiseiro do Brooklyn, chamado Charles Taze Russel, anunciou que era dono da verdade. Em suas muitas obras Russel "não deixou quase nenhuma grande verdade ou doutrina fundamental não tocada com suas conclusões heréticas e injustificadas". Conforme um cuidadoso estudo pode revelar, as obras de Russel servem de base fundamental para a estrutura dos Testemunhas de Jeová. Atualmente os Testemunhas de Jeová estão seguindo as conclusões falidas de um patife que se divorciou de sua esposa, teve problemas com os tribunais e que enganou seus seguidores vendendo-lhes "trigo milagroso" a preço exorbitante, o qual ele proclamava que produzia 15 vezes mais do que o trigo comum.

15. Os Testemunhas de Jeová negligenciam a vasta área de verdades bíblicas

Uma análise cuidadosa dos diversos livros, panfletos, e revistas editados pela Torre de Vigia revela que apenas uma pequena porcentagem Bíblica foi por eles usada. Eles não citam mais de 7% das Escrituras, deixando o restante da Palavra de Deus não mencionada.

Maus procedimentos

Uma das maneiras de se questionar uma seita, muitas vezes,é conhecer a vida do seu fundador. Charles Taze Russel, adventista, criou sua "religião". Falsamente conhecedor das línguas originais das Sagradas Escrituras, Russel conseguiu o que queria: fundou a Sociedade da Bíblia e Tratadores da Torre da Vigia ou Testemunhas de Jeová, nome mais conhecido.
Russel, na verdade, não passou de um homem ambicioso que se considerava espiritualizado para dirigir um rebanho de gente cultuava a Jeová.


Russel foi adúltero.

Enquanto maltratava a esposa, mantinha relações íntimas com a empregada Rose Ball, o que levou ao divórcio. Escândalo maior, ainda, aconteceu quando se descobriu que Russel aplicava golpes em pessoas humildes, induzindo moribundos a doarem bens à sua organização. A Bíblia adverte: "assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição"(2Pedro 2.1).
As Escrituras Sagradas mostram que o povo que segue Cristo e reconhece a existência da Trindade é testemunha das suas obras. "Recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra".(Atos 1.8).



As Três Doutrinas Essenciais do Cristianismo

A própria Bíblia revela que estas doutrinas são essenciais à fé cristã. Elas são:


1) a Divindade de Cristo,
2) Salvação pela graça, e
3) a Ressurreição de Cristo.


Estas são as doutrinas que a Bíblia diz que são necessárias. Certamente existem muitas outras doutrinas importantes; estas três, porém, são as únicas que são declaradas pela Escritura como sendo essenciais. O verdadeiro regenerado pode ser ignorante a respeito de uma ou mais destas doutrinas no início da sua vida com Cristo, mas ele terá um entendimento apropriado destes três assuntos assim que ele começar a estudar a Palavra de Deus. Uma pessoa não regenerada, ou um membro de uma seita (i.e., Mórmon ou Testemunha de Jeová, por exemplo), negará uma ou mais destas doutrinas essenciais.

1. A Divindade de Cristo

Jesus é Deus em carne (João 8:58 com Êxodo 3:14). Veja também Jo 1:1,14; 8:24; 10:30-33. Jo 4:2-3: "Nisto reconhecereis o Espírito de Deus: todo espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; e todo espírito que não confessa a Jesus não procede de Deus; pelo contrário, este é o espírito do anticristo, a respeito do qual tendes ouvido que vem e, presentemente, já está no mundo."

Os versos acima precisam ser cruzados com Jo 1:1,14 (também escrito por João) onde ele afirma que o Verbo era Deus e que o Verbo se tornou carne.

Jo 4:2-3 está dizendo que se você nega que que Jesus é Deus em carne então você é do espírito do anticristo.

2 - Jo 8:24: "Por isso, eu vos disse que morrereis nos vossos pecados; porque se não crerdes que EU SOU, morrereis nos vossos pecados."

Jesus diz aqui que se você não crer que "EU SOU" você morrerá nos seus pecados. Em grego, "eu sou" é 'ego eimi', que significa 'eu sou.' Estas são as mesmas palavras usadas em Jo 8:58 onde Jesus diz "... antes que Abraão existisse, eu sou." Ele estava atribuindo a si o título divino usado em Êxodo 3:14 na Septuaginta Grega. (A Septuaginta é o Antigo Testamente hebraico traduzido para o grego.)

3 - Jesus é o próprio objeto da fé.

Não é suficiente apenas ter fé. A fé é válida somente se colocada em alguma coisa. Você deve colocar a sua fé no objeto apropriado. As seitas têm falsos objetos de fé; portanto, sua fé é inútil -- não interessa quanto sejam sinceros.

Se você colocar a sua fé em um tubo de vácuo, então você terá um bocado de dificuldades no dia do juízo. Você pode ter uma grande fé, mas só isso não pode salvar você. Ela deve ser colocada na pessoa certa, Jesus.

4 - A doutrina da Divindade de Cristo inclui:

A Trindade - Existe um Deus que existe em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Eles são co-iguais, co-eternos e da mesma natureza. Monoteiísmo - Existe um único Deus e nunca existiu outro (Isaías 43:10; 44:6,8; 45:5). Os Mórmons acreditam que existem muitos deuses que servem e adoram somente um. Portanto, eles são politeístas, o que os exclui do campo do Cristianismo.

5 - União Hipostática - Jesus é tanto Deus como homem.

A suficiência do sacrifício de Cristo - o sacrifício de Cristo é completamente suficiente para pagar pelos pecados do mundo.
1 - Como Deus - Jesus deve ser Deus para poder oferecer um sacrifício de valor superior ao de um simples homem.

Ele teve de morrer pelos pecados do mundo (1 João 2:2). Somente Deus poderia fazer isso.

2.Como homem - Jesus deveria ser homem para poder ser um sacrifício pelo homem. Como homem Ele pode ser o mediador entre Deus e os homem (1 Tim. 2:5).

2 - Salvação pela graça

"Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé; e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie" (Ef 2:8-9, NVI). "De Cristo vos desligastes, vós que procurais justificar-vos na lei; da graça decaístes" (Gl 5:4).

Este versículo e seu contexto ensinam claramente que se você crê que será salvo pela fé e pelas suas obras, então você não será salvo. Isto é um erro comum nas seitas. Porque eles têm um falso Jesus, eles têm uma falsa doutrina da salvação. (Leia Rm 3-5 e Gl 3-5). 2.Você não pode acrescentar nada ao trabalho de Deus. Gálatas 2:21 diz: "Não anulo a graça de Deus; pois, se a justiça vem pela lei, Cristo morreu em vão!" (NVI).

"Portanto, ninguém será declarado justo diante dele baseando-se na obediência à lei, pois é mediante a lei que nos tornamos plenamente conscientes do pecado" (Rm 3:20, NIV).

"Todavia, ao homem que não trabalha, mas confia em Deus que justifica o ímpio, sua fé lhe é creditada como justiça" (Rom. 4:5, NIV). 2."Então, a lei opõe-se às promessas de Deus? De modo nenhum! Pois, se tivesse sido dada uma lei que pudesse conceder vida, certamente, certamente a justiça viria da lei" (Gal. 3:21, NIV).

3 - A Ressurreição de Cristo

"E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a nossa fé" (1 Co 15:14). "E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados" (1 Co 5:17).

Ignorar a ressurreição física de Jesus é anular a Sua obra, Seu sacrifício e a nossa ressurreição. 3.Estes versículos afirmam claramente que se você diz que Cristo não ressuscitou da morte (no mesmo corpo em que Ele morreu -- Jo 2:19-21), então a sua fé é inútil. (Um comentário em Gl 1:8-9: "Mas ainda que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos, que seja amaldiçoado! Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado" (NIV). Estes dois versos de Gálatas poderiam ser considerados a quarta doutrina essencial.

Mas, Gal. 1:8,9 está simplesmente estabelecendo a necessidade de crer na mensagem do Evangelho que, na sua integridade, diz que Jesus é Deus em carne, que Ele morreu pelos nossos pecados, ressuscitou da morte e dá graciosamente a vida eterna àqueles que crêem. 1º Co 15:1-4 define o que é o evangelho: "Irmãos, quero lembrar-lhes o evangelho que lhes preguei, o qual vocês receberam e no qual estão firmes. Por meio deste evangelho vocês são salvos, se se apegarem firmemente à palavra que lhes preguei; caso contrário, vocês têm crido em vão. Pois o que primeiramente recebi, também lhes transmiti: que Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras." (NIV). Nestes versículos está a essência do evangelho: Cristo é Deus em carne (Jo 1:1,14; Cl 2:9); Salvação é recebida pela fé (Jo 1:12; Rm 10:9-10), mediante a graça; e a ressurreição é mencionada no versículo 4. Por conseguinte, esta mensagem evangélica inclui as doutrinas essenciais.)
Que Deus em Jesus Cristo e no Espirito Santo iluminem o teu entendimento...
 

Quer pedir música, oração ou anunciar conosco?

Deixe o seu nome, seu melhor e-mail e sua mensagem no formulário logo abaixo.

Confirme que você não é um robô.